Formação Musical, Classe de Conjunto

Marcelo de Jesus Sousa Alves, natural de Milheirós de Poiares, nasceu a 10 de dezembro de 1991. Tem característica fora do comum e um dom de “nascença” que foi verificado ainda em criança. Deu os seus primeiros passos musicais em Milheirós de Poiares e propôs-se a exame, como aluno externo a concluir o 5º grau, no Conservatório de Música do Porto, com a classificação máxima. Seguiu para a Escola Profissional de Música de Espinho, onde concluiu o curso profissional de música, instrumento flauta transversal. Enveredou para Direção, Teoria e Formação Musical, curso ao qual já é licenciado, com destaque no curso e com elevada classificação, e encontra-se neste momento em fase final de Mestrado em Ensino da Música, na variante de Teoria e Formação Musical. Teve 2 cartas de recomendação, uma enquanto estudante no secundário e outra enquanto aluno de licenciatura. Começou a exercer funções de professor já aos 20 anos, em ensino oficial, mas já tinha experiência de mais novo em não-oficial. Realizou masterclasses com flautistas de renome nacional e internacional. Como Músico, realizou inúmeros estágios de Orquestra Clássica, Orquestra de Sopros, Banda Filarmónicas. Foi membro da Orquestra Clássica de Espinho e colaborou com a Orquestra Filarmonia das Beiras. Como Maestro, fez parte da APB - Academia Portuguesa de Banda, orientado por Paulo Martins. Realizou também Masterclasse de Direção com José Ignácio Petit e Luís Carvalho. Teve várias experiências no ramo da lecionação. Foi professor de flauta transversal e formação musical em várias Bandas de Música e escolas não-oficiais. Lecionou também em AEC’s. Foi professor de Formação Musical, Iniciação Musical e Classe de Conjunto (coral e instrumental) na Academia de Música de Vale de Cambra, Oliveira de Azeméis, Conservatório de Música de Ourém e Fátima. Passou por Leiria, nos Pousos, onde lecionou e fez parte da equipa SAMP – Sociedade Artística Musical dos Pousos, onde foi professor de Formação Musical, Classe de Conjunto, Coordenador de Classe e membro do Conselho Pedagógico. Dirigiu o Coro SAMP, foi pianista e trombonista na SWINGSAMP. Colaborou com inúmeros projetos e iniciativas da instituição. Realizou o seu Estágio de Mestrado, Prática de Ensino Supervisionada, na Escola Profissional de Música de Espinho, tendo como coordenador José António Teixeira e coordenador/orientador científico o Prof. Dr. Paulo Maria Rodrigues. Além de entrevistas para Rádio, Jornal e televisão, fez também gravações, com Bandas Filarmónicas, Coros e com alguns projetos por onde passou e colaborou, desde coralista a instrumentista, arranjador e maestro. É membro fundador da Orquestra Milheiroense, arranjador e seu maestro titular desde o início, onde continua a desenvolver atividade e estágios para jovens músicos locais e aberto a músicos de outras terras. Desde outubro de 2017 (e ainda atualmente) é Maestro da Banda de Música de Arrifana, Coordenador e Diretor Artístico e Pedagógico da EMBA - Escola de Música da Banda de Arrifana. Desde novembro de 2018 (e ainda atualmente) é Maestro da Tuna dos Voluntários de São João da Madeira, onde contribui também com os seus arranjos. Atualmente, leciona Formação Musical e Classe de Conjunto na Academia de Música de São João da Madeira e Formação Musical, Iniciação Musical e Classe de Conjunto na Academia de Música de Paços de Brandão. Continua a desenvolver e a participar nos mais variados projetos e iniciativas, seja com elaboração de arranjos, composições, direção, ou como músico de performance, com várias entidades.